Background - 17ª Festa Nacional do Moranguinho

Fruta símbolo

Qual a produção de morangos no município?

Temos plantado em torno de 1 milhão de mudas neste ano, com média de produção de 1 kg por planta, sendo 60% em substrato. São gerados cerca de 1 milhão de Kg em 35 ha.


Quais as variedades de morango?

A mais plantada é a San Andreas, que se adaptou muito bem ao clima e ao cultivo em substrato. Outra bastante plantada é a Albion, assim como a Festival pelos mesmos motivos. No solo, a mais plantada é a Camarosa, pela excelente qualidade dos frutos que são grandes e doces. Ano passado, tivemos o resurgimento do Cultivar Chandler e uma nova variedade de origem italiana, a Pircinque. Ambas produziram muito bem e tiveram suas áreas aumentadas neste ano.


Quais as entidades participantes?

Bom Morango (Associação de Produtores de Morango de Bom Princípio), ECOMORANGO (Cooperativa de Produtores de Morango Ecológico de Bom Princípio), Secretaria de Agricultura, Emater-RS/ASCAR - Bom Princípio e o STR (Sindicato dos Trabalhadores Rurais).


Qual o número de produtores diretamente envolvidos na produção de morango?

São envolvidas em torno de 300 pessoas.


Qual o número de famílias envolvidas na produção de morango?

São envolvidas em torno de 80 famílias.


Qual a média de produção por família (área e plantas)?

A área varia bastante, tendo produtores com 100 m² e produtores com 3 ha. Tirando os extremos, podemos dizer que, em média, as famílias têm cerca de 5000 plantas em terrenos de 500 a 1000 m².


Qual o destino do morango?

Principalmente para a CEASA e mercados da Região Metropolitana de Porto Alegre.


Quais as propriedades do morango?

O morango é imbatível em sua cor, doçura e aroma. É delicioso tanto para ser consumido “in natura”, quanto para doces, tortas, geleias e saladas. É rico em frutose e sacarose, mas pobre em carboidratos. Possui várias características nutricionais que contribuem para manter sua saúde equilibrada.

  • Rico em vitamina C, que fortalece as defesas do organismo e o sistema imunológico, auxilia na prevenção de anemias, pois quando consumido numa refeição balanceada há uma reação química que triplica os índices de absorção de ferro presentes nos vegetais, ovos e carnes.
  • Fonte de vitamina A, vitaminas do complexo B e ácido fólico.
  • Boa fonte de minerais: fósforo, potássio, cálcio e ferro.
  • Fornece baixas calorias, tornando-se ideal para quem precisa de uma dieta equilibrada.
  • Combate os radicais livres (substâncias cancerígenas e que aceleram o envelhecimento).
  • Levemente laxativo e diurético.
  • Fonte de fibras solúveis que auxiliam na redução do colesterol, protegendo contra doenças cardíacas.
  • Tabela de nutrientes do morango - 17ª Festa Nacional do Moranguinho

    Qual a variedade mais doce e a mais ácida?

    Dentre os morangos plantados no chão, a mais doce é a Camarosa. Além disso, a variedade nova, a Pircinque, também está se mostrando muito doce. A produção do município é praticamente para mesa, o que faz com que as variedades mais ácidas sejam utilizadas por indústrias na região sul do RS.


    Qual o manejo do morango na cidade de Bom Princípio?

    O principal destaque que deve ser dado é a qualidade do morango, tanto visual (aparência) quanto a qualidade química, com a utilização reduzida e adequada de agrotóxicos. A maioria dos produtores são associados da Bom Morango, associação que já tem 20 anos e que se reúne mensalmente. Nestes encontros, sempre são debatidos assuntos técnicos, o que faz com que os produtores fiquem muito capacitados e cuidem, principalmente, com a aplicação de produtos, cuidando os prazos de carência, as doses e a aplicação somente de produtos recomendados para a cultura.

    A principal forma de cultivo, atualmente, é o cultivo protegido em substrato com fertirrigação, onde as plantas são plantadas em slabs (sacos plásticos) a uma altura de 70 cm do solo, e com cobertura de plástico. Esta forma de cultivo já reduz em 80% a quantidade de agrotóxico utilizada, principalmente pelo não molhamento das folhas e pelo distanciamento do solo, que também diminui a umidade. O principal problema neste sistema é o ácaro rajado, um aracnídeo que se alimenta da seiva da planta e se não controlado pode vir a matar a mesma. Grande parte dos produtores já utilizam produtos certificados para a produção orgânica, e para o ácaro utilizam um ácaro predador que se alimenta do ácaro rajado que prejudicial.

    Além disso, temos a ECOMORANGO, uma cooperativa de produtores orgânicos de 20 anos, que produz sem a utilização de agrotóxicos e adubos químicos. Neste ano, foram produzidas 50 mil mudas de forma orgânica certificada pela ECOVIDA.


    Morango Hidropônico: como começou?

    O cultivo do morangueiro na região apresentava dificuldades em função de diversos fatores que limitavam a produção, tais como as doenças de solo e as pequenas áreas disponíveis na propriedade, inviabilizando a rotação de culturas e ocasionando uma alta dependência dos agrotóxicos. Além disso, no sistema de produção em túnel baixo (estufas), o agricultor necessita estar agachado para realizar os manejos da cultura, ocasionando problemas de coluna em função dos movimentos repetitivos (ergonomia). A soma destas dificuldades estava ocasionando a desistência de diversos produtores na atividade.

    Em 2009, os produtores foram visitar áreas de cultivo em substrato na região de Caxias do Sul. A partir dessas visitas, quatro produtores iniciaram o cultivo de morango em substrato. No ano de 2011, 15 produtores da cidade adotaram a nova técnica, o que correspondia a 25% da produção de morango. Atualmente, no município de Bom Princípio existem 70 produtores cultivando neste sistema, o que corresponde a 60% da produção. São 600 mil kg produzidos de 600 mil plantas em 6 ha de estufas, gerando mais de 6 milhões de reais ano.

    O cultivo é realizado em ambiente protegido (estufas altas), a fim de proporcionar um microclima favorável. Neste sistema, as plantas são cultivadas em sacolas que contém substrato (casca de arroz e humos de celulose) na proporção de 2:1. Estas são suspensas a 70 cm do solo, o que facilita o manejo e diminui os problemas com pragas e doenças, assim reduzindo a aplicação de agrotóxicos em 80%. As plantas recebem a nutrição total por meio da fertirrigação.

    O cultivo de morango em substrato permite um período mais longo de plantio e produção, oportunizando a colheita da fruta durante o ano todo. Existem dois grupos diferenciados de mudas: as variedades de dias curtos e dias neutros. As variedades de dias neutros tem se adaptado melhor ao sistema de cultivo em substrato. As principais variedades cultivadas na região são San Andreas, Albion e Festival. A produção é comercializada na CEASA (Caxias do Sul e Porto Alegre) e feiras. Uma das novidades são as unidades de cultivo de morango orgânico em substrato iniciadas em 2012 com produtores de Bom Princípio, experiência que é pioneira no Brasil. A nova técnica tem se mostrado eficiente e traz uma ótima opção de cultivo para produtores ecológicos.


    
    Realização e Patrocínio - 17ª Festa Nacional do Moranguinho

    Rodapé - 17ª Festa Nacional do Moranguinho